terça-feira, 10 de setembro de 2013

Dica de filme: Os Croods


Sinopse:
Nicolas Cage e Ryan Reynolds estarão juntos na nova animação de computação gráfica da DreamWorkks, Os Croods. A comédia pré-histórica mostra os embates entre um patriarca tradicional contra um forasteiro que pensa (relativamente) à frente de seu tempo. Cage emprestará sua voz a Crug, que cautelosamente gioa sua família em busca de um lugar seguro, depois que um terremoto destrói sua casa. Ao tentar encontrar um caminho em ambiente perigoso e hostil, ele encontra o personagem de Reynolds, um nômade que encanta o clã de Crug com seus modos modernos, especialmente, sua filha mais velha.


A família Croods é composta pelo pai, que sempre quer proteger sua família, a mãe, a filha "rebelde" e revoltada com o modo de vida deles, o filho "lerdinho", a filha pequena e a sogra. Uma regra da família é que eles sempre têm que ficar dentro da caverna, que é a casa deles, e sair apenas para caçar o alimento. Como eu disse, a filha Eep não concorda com o jeito que eles vivem - sempre atolados na caverna -, fazendo com que ela tenha uma relação desagradável com o pai. Um dia, ela desobedece o pai e conhece Guy, um garoto que sabe fazer o "sol" (fogo). Um fato importante é que Guy tem vários conhecimentos e ideias, ao contrário de toda a família que é, literalmente falando, "homens da caverna".



O filme é bem criativo e engraçado, com  piadinhas e probleminhas clássicos de uma família como, por exemplo, a relação entre o genro e a sogra, e também o ciúmes que um pai tem da sua "filhinha" quando percebe que ela cresceu. Essas piadinhas fazem com que a gente faça uma comparação entre os Croods e uma típica família de hoje em dia.

Gostei muito da forma que a história se desenvolveu e de como o filme mostra que nós temos que aceitar quem somos e resolver os nossos problemas acreditando em nós mesmo (o caso do pai). Enfim, o filme é excelente para assistir com a família. Além de fofo é muito engraçado, emocionante e cativante. Eu amei <3


Beijos *

Nenhum comentário:

Postar um comentário